Pastoral do Menor Salvador - Só mais um site Sites da ASA

Chega de becos!

No beco escuro explode a violência, no meio da madrugada, diz Herbert Viana na canção. No beco escuro explode a violência do senado que na calada da noite vota pela Redução da maioridade penal, ferindo violentamente o Estatuto da Criança e do Adolescente. A violência também explode quando os políticos sangram o país num mar de corrupção que antecede o governo atual e há mais de 30 anos enriquecem as custas da Petrobrás, rodovias, portos,  estradas inacabadas, desvios na merenda escolar, saúde e toda sorte de desrespeito ao povo brasileiro.

No beco escuro, nas ruas e vielas desta cidade aparece a polícia impondo as suas armas, fazendo todo mundo ficar calado, paralisado e sem direito de sequer dizer o próprio nome porque  jovens negros moradores das periferias não tem identidade, endereço, é um suspeito em potencial. Mais uma vez é o Estado que  violentamente não garante o direito de ir e vir, o direito a  uma política  de segurança pública que permita aos cidadãos jovens a tranquilidade de transitar em seu bairro, de “trocar ideia” com os seus pares em noite de luar sem ser confundidos com parceiros do crime.

Chega de becos escuros explodindo em violências, é preciso construir espaços iluminados, vias transitáveis, praças onde famílias se encontram, jovens troquem ideias, apertos de mão e abraços aconchegados no namorado (a). É preciso fortalecer os laços afetivos, não olhar para o outro com desconfiança, mas vê-lo  como irmão, o vizinho camarada, propor discussão a respeito do papel do cidadão e da polícia cidadã da importância de sermos solidários, educados e gentis.  É necessário sermos vigilantes dos nossos e  dos direitos do  outro, propôs políticas e banir os politiqueiros exercendo o nosso poder de cidadão. É urgente levantar a bandeira da paz contra a redução e ou aumento do tempo de internação!